Contratação de atores – Tudo que você precisa saber!

Quem nunca sonhou em ser ator ou atriz? Quem nunca desejou ser um galã de novela, uma personagem marcante ou um aventureiro que teve as suas histórias contadas e recontadas? Essa profissão é cheia de charme, glamour e com certeza faz parte dos sonhos de muita gente

A atuação é algo que muita gente deseja, mas realizar é um longo processo. Porém, tornar-se um profissional das artes dramáticas requer um difícil caminho a ser trilhado. Vai muito além de um sonho, é preciso trabalhar duro e estudar muito. Assim como grande parte das carreiras.

Quem tem um projeto a ser realizado e que precisa montar um elenco deve conhecer mais sobre essa profissão e deve entender todos os pontos que são necessários para ter sucesso com esse objetivo. É por isso que esse guia pretende tirar todas as suas dúvidas quanto a isso e salientar os pontos importantes nessa busca.

A atuação no Brasil

Atualmente o Brasil tem crescido muito nessa área. Mais e mais produções estão sendo reconhecidas dentro e fora do país. Isso tem sido algo sensível nos últimos anos e nós estamos sendo cada vez mais respeitados com nossas novelas, filmes, peças, documentários e, recentemente, estamos também nos destacando no cenário internacional com séries para TV.

Alguns dos nossos atores como Rodrigo Santoro, Alice Braga e Wagner Moura já decolaram em carreira internacional. Filmes, séries para TV e para a Netflix são alguns exemplos das produções abarcadas por esses nomes.

Porém, é preciso dizer que temos também profissionais conhecidíssimos que trabalham na direção, produção e preparação de atores e que estão em carreira nacional. Isso mostra como esse nicho vem crescendo e ganhando corpo ao longo do tempo.

Nós realmente já emplacamos como o país das novelas. Nossos dramaturgos, roteiristas e diretores são reconhecidos no mundo inteiro pela forma como narramos as nossas histórias de maior sucesso.

O Cinema nacional também ganhou o respeito mundial nas últimas 2 décadas. Depois de grandes produções como Central do Brasil, Carandiru, Cidade de Deus e Tropa de Elite, nós chegamos às grandes telas em diversos países.

Há ainda uma terceira via que leva o Brasil aos cenários internacionais: o teatro brasileiro. Nossos grupos e companhias estão ganhando o mundo através de obras contemporâneas e com um olhar único sobre a realidade.

Quanto às séries de TV, nós ainda estamos dando os primeiros passos, mas já temos um grande sucesso. A série 3%, produzida pela Netflix, se tornou a série de língua não-inglesa mais assistida nos Estados Unidos.

Bom, é evidente que existem também outros meios onde atores e atrizes trabalham. Comerciais, documentários, artes interdisciplinares e etc. Há muito espaço para meios consolidados e para a experimentação de novas formas desse fazer artístico.

Com tantas opções, os profissionais brasileiros dessa área possuem também muitos espaços para atuação e é a partir desse ponto que esse texto vai garantir ao contratante a melhor forma de encontrar o seu ator ou atriz ideal. Esse guia completo vai te ajudar a “garimpar” os verdadeiros talentos e descobrir quais os perfis que se encaixam melhor nos seus projetos.

 

Atores: diversas formações para a mesma profissão

 

Há quem acredite que a atuação é um dom. Essa é uma ideia muito comum, de que uma pessoa já nasce com esse chamado. Outros porém, fazem questão de mostrar que essa área pode ser acadêmica e que para chegar ao reconhecimento é preciso estudar de forma árdua.

A verdade é que para a formação do ator existe vários meios e mesmo várias escolas diferentes. Para começar, é preciso enfatizar a clara diferença que existe entre o teatro, a tv, o cinema e a publicidade.

Dentro dessas áreas a arte da atuação é diferente, com técnicas diferentes e perfis diferentes. Claro, existem atores e atrizes que se encaixam em diversas áreas, mas ainda assim, o formato desses núcleos requer modos verdadeiramente distintos e por isso o primeiro passo para achar o ator ou atriz ideal para o seu projeto é entendendo a definição dele.

A formação do ator e a área em que ele vai trabalhar devem ser casadas. Por exemplo, nós temos a Escola de Artes Dramáticas da USP, nela um seleto grupo de estudantes é selecionado anualmente para estudar no departamento de comunicação e artes.

Embora os formandos possam migrar para diversas áreas diferentes, o curso é especialmente voltado para a arte do teatro. Dessa forma, linhas teóricas, estudo de exercícios, dramaturgos analisados e as matérias estudadas tem como principal diretriz a atuação nos palcos.

Em contrapartida, temos outra escola muito conhecida a nível nacional que é a Wolfmaya. Embora os seus módulos sejam interdisciplinares, há um reconhecimento maior em sua formação para atores e atrizes que desejam atuar na TV ou no Cinema.

Os exercícios fornecidos aos atores garantem técnicas e modos de atuação que estão ligados diretamente a esses formatos. E é por isso que suas vias de estudo são completamente voltadas para esse nicho.

Vale destacar que há ainda os atores com currículos não formais. Esses profissionais buscam em outras fontes o aprimoramento do seu saber artístico de atuação.

Pensando nessa quantidade de possibilidades e na sua busca por um ator ou atriz, ou por um elenco completo para um projeto. Algumas dicas e diretrizes devem ser seguidas para ter maior sucesso nessa seleção.

 

A definição do perfil

 

Agora que você já entendeu que existem atores com formações diferentes, é preciso dizer que existem também perfis de trabalhos diferentes que devem ser analisados antes de iniciar o processo de contratação.

Bom, assim como em várias profissões, quem trabalha com artes cênicas costuma se especializar em uma área. Claro, isso não significa que ele não pode fazer papéis distintos, mas há uma tendência de interpretação.

Vou citar alguns exemplos: Adam Sandler é conhecido por seus papéis cômicos. É certo que em sua carreira ele já fez papéis dramáticos também, mas a sua especialidade, é a comédia.

O mesmo podemos falar sobre atores com maior carreira na área dramática, nos infantis e mesmo nos musicais. Sabendo dessas informações, você consegue analisar o currículo do ator e mesmo compreender a sua forma de interpretar através das audições.

O seu projeto é a bússola

 

Você precisa se perguntar: para onde o meu projeto está apontando? É preciso ter essa frase em mente e sempre usá-la quando você estiver em dúvida sobre o elenco que você está buscando escalar.

Um projeto pode ter suas características completamente modificadas a depender do time que você escolher para a sua produção. Nesse caso não falo apenas de atores, mas também da direção, produção, fotografia, trilha sonora e efeitos de som e etc. Até mesmo o figurino pode levar o projeto para um caminho inusitado.

Se o seu projeto não for a bússola, você pode acabar completamente perdido e sem direcionamento na hora de escalar os seus atores e todo o time que compõe a sua produção. Por isso, para fazer a contratação, você precisa primeiro analisar se os candidatos se encaixam no escopo que já foi feito.

 

O que, como, onde e com quem: para começar a contratação, assinale essas questões

 

Agora é a hora de responder às questões estruturais que vão te possibilitar escolher os atores certos para trabalhar. Esse passo é essencial para que você tenha sucesso no casting:

 

  • O que: qual o seu projeto (um filme, uma peça, um documentário, uma novela, uma série etc). Ter essa estrutura definida faz toda diferença na hora de iniciar a contratação. Assim, os atores interessados irão para os testes sabendo a que estrutura devem responder.
  • Como: filmagens curtas? longas? Uma peça com texto pronto? Uma releitura? Uma adaptação? Um sitcom para web? responder como é responder qual o caminho que o seu projeto vai tomar.
  • onde: Filmagens em um set? Ao ar Livre? Peça em palco italiano? Teatro de rua? Arena? O seu ator precisa saber onde o projeto vai acontecer, só assim ele pode se preparar para viver o papel que você espera com toda sua qualidade de atuação.
  • Com quem: o seu projeto é para um ator sozinho? É para um elenco completo? Quantas pessoas compõem esse elenco? Todos vão representar juntos ou existem núcleos separados? A sua equipe deve ser harmoniosa, por isso, montar um elenco é escolher um grupo de pessoas que trabalharão juntas com toda sensibilidade que é necessária para atuação. Por isso, você precisa tomar essas decisões conhecendo cada integrante.

 

Agora que você já tem em mente esses três itens: a formação do ator, o perfil da carreira do ator e o perfil do seu projeto e já somou tudo isso às questões estruturais, você está pronto para começar a procurar o profissional certo para o seu elenco.

Agora é a hora de partir para ação, chegamos no ponto onde você deverá fazer a seleção ou casting. Você verá a seguir 20 dicas para escolher os atores e atrizes ideais para o seu projeto.

 

20 dicas para escolher atores e atrizes – O segredo para o sucesso do seu projeto

 

  1. Tenha toda estrutura do seu projeto pensada – Assim como você espera que os atores mostrem o seu trabalho, eles precisarão de todas as informações que já foram citadas antes para que tenham sucesso na preparação pessoal para o teste.
  2. As agências empresários e produtores – Alguns atores gerenciam suas próprias carreiras, outros porém possuem alguém encarregado dessa função. Para que a sua contratação alcance os objetivos esperados, não deixe de negociar com quem resolve a parte burocrática desse trâmite, seja o próprio ator, uma agência, um produtor ou empresário. Isso é muito importante para que você possa organizar os itens que vamos citar mais a frente.
  3. Saiba vender a sua história – Qualquer profissional quer que a sua carreira seja digna de um currículo exemplar. Por isso, para encontrar os atores certos você deve ter plano completo do seu projeto. Isso engloba a parte técnica, mas também deve prever a forma como você apresenta a sua história e a produção do seu projeto. O seu ator, atriz ou elenco completo devem se sentir empolgados com o que você tem a oferecer.
  4. Comece a seleção com a separação de perfis – Se você precisa de um ator dramático, que deve dar vida a um papel complexo, então o primeiro ponto é separar perfis que se encaixem nisso. Por mais que você ache que aquele ator clown seja incrível, não é ele que vai incorporar o seu personagem como você gostaria.
  5. Faça um esboço físico – A atuação é um trabalho do corpo e da mente em casamento. Não adianta ter um ator com uma atuação incrível, mas que não se encaixa no perfil físico que você precisa. Defina os papéis com direcionamentos. Por exemplo, o papel de um professor: é necessário que você pense as idades possíveis para esse ator ter, o sexo, afeições e etc.
  6. Faça um esboço físico de pequenos núcleos – No caso de projetos que precisam não apenas de um ator ou atriz, mas sim de todo elenco, é preciso que você faça um esboço físico de pequenos núcleos. Por exemplo, para uma família cujo o pai e a mãe escolhidos possuem características asiáticas, os filhos escalados precisam corresponder a essas características.
  7. Faça um esboço histórico, cultural e geográfico – As histórias podem ser contadas de várias formas, mas é preciso respeitar os grupos aos quais elas se referem. Por exemplo, se você estiver contando a história de uma aldeia indígena, faça um teste com esse perfil. A atuação toma vida quando os atores conseguem representar os papéis que lhes cabem.
  8. Defina o tipo de profissional que você precisa – Você precisa de um profissional do teatro? Ele precisa ter uma formação específica? É necessário que ele conheça um tipo de exercício de atuação? Ele deve seguir uma linha teórica? Essas são algumas diretrizes que você deve ter na hora de contratar os seus atores.
  9. Contrate seus atores com a plataforma certa – Assim como foi falado aqui, existem vários modos de formação para o ator. Por isso, para ter certeza de que ele segue a linha que você precisa para o seu projeto, é muito importante que o seu primeiro contato com ele venha pela plataforma certa. É por isso que a Agenda do Produtor se preocupa em ter cadastros atualizados, com profissionais de qualidade e com todo detalhamento para que você possa escolher o elenco certo para o seu projeto.
  10. Faça um casting ou audição que leve o ator ao papel que você precisa – Para fazer um teste com o seu elenco, não é necessário dar a ele as falas reais do seu projeto. Em alguns casos, a produção prefere conservar o sigilo dos diálogos e isso não precisa ser um problema para as suas adições. O segredo é pensar no papel que você precisa e fazer um casting voltado para isso. Se você precisa de drama, emoção, improvisação, empatia com o público ou qualquer outro aspecto da atuação, escolha uma cena com esse formato e use-a.
  11. Faça teste de interação entre núcleos – Se o seu projeto precisar não apenas de um ator, mas de todo um elenco, é muito importante que você faça testes com os núcleos. Casais precisam ter química, famílias precisam ter sintonia, papéis que se relacionam precisam passar verdade para o público. Por isso, fazer esses testes em conjunto é muito importante para que a sua história tenha veracidade.
  12. A decisão do teste deve ser tomada em conjunto – é muito importante que as principais pessoas responsáveis pelo projeto estarem envolvidas com as audições. Para escolher um elenco que satisfaça a todas as necessidades do escopo você deve escolher os seus atores e atrizes junto com os principais nomes envolvidos. A direção, a produção e às vezes os dramaturgos devem estar de acordo com as decisões tomadas para a escolha desse time de atuação.
  13. O cuidado com musicais – Quando falamos de musicais, os testes precisam passar por duas fases: a atuação e a interpretação vocal. É preciso certificar-se que o seu ator ou a sua atriz tem a qualidade necessária para essas duas áreas e ainda que é possível implementar esses dois talentos em conjunto. Esses fatores tornam-se ainda mais complexos no caso de musicais que também exigem coreografias e danças. É preciso fazer diversos testes e não deixar nenhum desses aspectos de fora.
  14. O seu ator precisa se sentir a vontade com o projeto – Talvez você tenha feito diversos testes e tenha encontrado o ator que você considera perfeito para o papel. Bom, é preciso ir com calma e deixar cada detalhe do projeto bem explicado antes de dar o ok final. Fale sobre o enredo, dê detalhes sobre as cenas e confira se ele está de acordo com todos os elementos que compõem a sua produção. Deixe claro todos os momentos mais delicados do papel. Por exemplo, nudez e sexo devem ser sempre informados antes da formalização de contratação ator ou atriz.
  15. Se houver a necessidade de mudanças físicas, informe ao seu elenco – Cortes ou pinturas de cabelo, crescimento de barba, perder ou ganhar peso etc. Muitos papéis exigem dos atores envolvidos uma série de mudanças físicas. Porém, esse tipo de item deve ser informado antes da assinatura do contrato com o elenco. É necessário concordar com cada um dos detalhes e por isso você deixar cada pronto esclarecido antes de ter a formação que vai entrar em cena.
  16. Verifique se são necessários conhecimentos extras – Outros ponto vital na hora de fazer a sua contratação é certifica-se das habilidades extras dos seus atores e atrizes e propor as soluções para isso. Além disso, é preciso receber a anuência deles. Tocar algum instrumento, andar a cavalo, dirigir, praticar algum esporte ou falar outra língua. Esses são exemplos de conhecimentos extras que podem ser necessários para uma produção. Verifique se o seu elenco atende a eles ou proponha cursos, aulas e etc. É preciso negociar cada um desses pontos.
  17. Laboratório: verifique essa necessidade – Bom, existem alguns papéis que são mais “comuns”. de forma geral, não faltam galãs típicos de novela das 8. Porém, existem papéis complexos que exigem estudos específicos. Por exemplo, interpretar alguém com algum tipo de doença ou que passou por uma condição extraordinária. Se o seu projeto precisa de algo assim, verifique a necessidade de um laboratório e proponha uma solução de estudo com o seu ator.
  18. Questões contratuais 1: estabeleça o tempo de trabalho – Esse é um ponto muito importante quando falamos de contrato. Muitas produções tem data para começar, mas sempre se atrasam no término. Você e o seu elenco precisam estar de acordo com o tempo de trabalho. Em casa de peças, que circulam em temporadas, é preciso deixar essa agenda bem definida.
  19. Questões contratuais 2: estabeleça o pagamento – O seu ator vai ter um salário? O recebimento será com bilheteria? Ele vai ter um retorno sobre a venda de direitos de imagem ou produtos? Evite problemas para a sua produção e faça um contrato bem detalhado. Isso faz diferença na sua relação com o ator ou atriz e garante que a sua contratação seja um sucesso.
  20. Questões contratuais 3: o detalhamento é vital – Ao longo dessa lista foram citados os principais pontos para que você tenha êxito na sua escolha e contratação de atores. Porém, cada projeto tem as suas peculiaridades e é por isso que se faz necessário evidenciar o detalhamento. todos os pontos importantes devem ser postos em contrato. Assim, todos sentirão segurança no trabalho.

Contratar um ator ou um elenco é muito mais do que escolher o time que vai participar de um projeto, é ter a sensibilidade de encontrar as peças certas para ter sucesso na montagem de uma das artes mais bonitas e complexas de todos os tempos.

Se você quer contratar um ator ou uma atriz para a sua produção e está buscando as melhores opções, não deixe de ver os cadastros dos profissionais da Agenda do Produtor. Nossa intenção é sempre fazer a ponte entre quem precisa contratar e quem tem as habilidades certas para tornar uma ideia em realidade.

Aqui, você tem a segurança, facilidade e praticidade na hora de montar o seu elenco. Vá até o nosso banco de cadastro agora e encontre os profissionais mais capacitados do mercado!

 

(Visited 131 times, 1 visits today)

One thought on “Contratação de atores – Tudo que você precisa saber!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *